Carregando
12/04/2024

História

foto1 

A cidade de Bom Jesus do Amparo está localizada na região central de Minas Gerais a 80 km da capital. Rodeada pela Serra do Espinhaço, Bom Jesus faz parte do circuito da Estrada Real e do Circuito Turístico do Ouro. Em sua história, a cidade é berço de nascimento do Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, o Cardeal Motta. Personalidade de destaque no campo social e político do país nos anos 60. Citando algumas curiosidades, foi o Cardeal Motta quem escolheu pessoalmente o nome de Brasília para ser a nova capital Federal da Nação. Em 1957 celebrou a 1ª missa em Brasília. Foi o primeiro presidente da CNBB, Arcebispo de São Paulo por 20 anos. Idealizou e inaugurou a Catedral de Nossa Senhora Aparecida em Aparecida do Norte.

Outro nome ilustre que também nasceu em Bom Jesus do Amparo foi o músico e compositor Mozart Bicalho. Mozart foi o primeiro violonista a tocar em rádio no país, brilhou por mais de 50 anos em sua carreira artística, e em 1929, gravou o seu primeiro compacto. Fez músicas para vários municípios e estas acabavam se tornando hino oficial. Somente no Circuito do Ouro compôs hinos para vários municípios, e naturalmente para sua terra natal, Bom Jesus do Amparo. Na composição do belo hino oficial do Município, Mozart Bicalho homenageou Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, o seu mais ilustre conterrâneo. Mozart Bicalho fez mais de duas mil composições, entre hinos, choros e valsas, em destaque temos: Gotas de Lágrimas, Alma de Artista, Marcha Odeon, Mariuns, Evocação, Serra do Caraça, entre outras.

 

Mais história

Bom Jesus do Amparo abriga a histórica e imponente Fazenda Rio São João, que começou a ser construída no fim do século 18 pelo português João da Motta Ribeiro, que fez da fazenda, o seu local de trabalho onde aglomerou escravos durante o ciclo do ouro.

O casarão tem 125 metros de frente e possuía na época numerosas dependências, entre elas: salas de música, de reza, hospital e senzala. A capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, ostentava decoração folheada a ouro e pintura feita pelo Mestre Ataíde. Os luxuosos cômodos do casarão tornaram-se um ponto de encontro das elites da época.

A Fazenda do Rio São João tem 1.824 metros quadrados de área construída e foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Hoje está reformada pela inciativa privada particular.

A bela igreja matriz de Bom Jesus do Amparo é outro importante ponto histórico que a cidade abriga. A Igreja foi construída em 1841, nas terras doadas pela família Motta Ribeiro, que era devota do santo Bom Jesus do Amparo. O coronel João da Motta Ribeiro, no século 18 trouxe da cidade de Amparo, em Portugal, a imagem que se encontra hoje na matriz. Uma iconografia rara do Jesus aos 12 anos de idade, já que as imagens mais comuns na história da arte, são de Jesus menino ou na fase adulta.

Em 1917, a construção passou por uma reforma que só foi finalizada em 1921. A igreja está localizada na Praça Cardeal Motta, bem no centro da cidade e comporta uma estrutura que celebra as tradicionais festas do padroeiro e demais celebrações e festividades religiosas.

A maior fonte de renda de Bom Jesus do Amparo está na agricultura, comércio e no turismo rural que agrega uma bela região com inúmeras cachoeiras, lindas paisagens da região do Espinhaço e comidas típicas.